Edição digital
PUB
Distribuição

Jornal Hipersuper: Edição Especial IV Congresso da Distribuição Moderna

Esta edição do Jornal Hipersuper é totalmente dedicada ao IV Congresso da Distribuição Moderna. Destaque para a entrevista ao Presidente da APED, Luís Reis.

Hipersuper
Distribuição

Jornal Hipersuper: Edição Especial IV Congresso da Distribuição Moderna

Esta edição do Jornal Hipersuper é totalmente dedicada ao IV Congresso da Distribuição Moderna. Destaque para a entrevista ao Presidente da APED, Luís Reis.

Hipersuper
Sobre o autor
Hipersuper
Artigos relacionados
JPS Cork Group celebra 100 anos de atividade no setor da cortiça
Não Alimentar
Love Butternut participou no 26.º Congresso AECOC de Frutas e Legumes em Valência
Alimentar
Love Butternut participa em congresso de referência para o setor das Frutas e Legumes
The Navigator Company aumenta preços na Europa
Não Alimentar
The Navigator Company
Lidl ao lado da seleção prepara grande festa para dia 16
Retalho
Lidl
Oakberry está agora disponível nas lojas Continente
Alimentar
Burger King abre primeiro restaurante na Mealhada
Retalho
Vinhos Dona Paterna distinguidos com ouro e prata na Roménia
Bebidas
Aldi doou mais de 300 toneladas de excedentes alimentares essenciais a cerca de 106 entidades
Retalho
Uriage dá a Volta a Portugal em Bicicleta
Não Alimentar
Rede Aqui é Fresco quer duplicar número de lojas com insígnia e identidade visual da marca
Retalho

Esta edição especial do Jornal Hipersuper, antecipada em três dias, é totalmente dedicada ao IV Congresso da Distribuição Moderna, organizado pela Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED).

Entrevista Luís Reis, Presidente da APED
Em entrevista realizado no final de 2011, Luís Reis, presidente da APED, admitiu que o consumidor está perto do limite e que tem sido a distribuição a saber reinterpretar as necessidades, dificuldades e exigências do consumidor. É por isso que acredita que “melhor do que a produção e a distribuição, está o consumidor”.

PUB

Em relação à situação que o País atravessa, o presidente da APED está consciente das dificuldades e destaca que está na altura de actuar. “É indiscutivelmente importante agir”, salienta, acrescentando que o sector da distribuição moderna está cá para fazer crescer a competitividade da economia portuguesa.

Kantar Worldpanel: Saber crescer
A Kantar Worldpanel, mais do que trazer previsões para os anos de 2012 e 2013, destaca, tal como o presidente da APED, a necessidade de “fazer, em que os diagnósticos interessam apenas como ponto de partida para uma acção focada na mudança e nos ajustes que todos os operadores económicos têm de fazer”.

Neste contexto difícil, a consultora salienta que a Distribuição Moderna apresenta-se muito dinâmica, reforçando o seu posicionamento de “ajuda ao consumidor” na sua premente procura pela poupança.

Daymon: O futuro das Marcas Próprias
Apesar da recessão e do consequente impacto negativo na maioria das categorias, a procura de Marca Própria mantém-se forte, o que, de acordo com vários especialistas, veio para ficar.

Assim, a Daymon Worldwide salienta que “a recessão tem historicamente efeitos positivos no crescimento das Marcas Próprias, uma vez que os consumidores de forma a reduzirem as suas despesas, tornam-se mais conscientes e mais susceptíveis a experimentar novas marcas, entre elas as Marcas Próprias”.

Nielsen: O que foi 2011. O que será 2012
Depois de efectuar um apanhado do que foram os últimos meses de 2011, revelando que as medidas do Orçamento de estado de 2012 tiveram impactos imediatos nos hábitos do consumidor português no final do ano passado, a Nielsen destaca os principais desafios que os Bens de Grande Consumo e Retalho terão de enfrentar em 2012. Assim, a consultora conclui: “em 2012, o Retalho Moderno vai ser posto à prova”.

Entrevista Luís Simões, Managing DirectorIberia Kantar Worldpanel
Considerando que o consumidor português tem vindo a ajustar a sua forma de comprar em função da conjuntura que vai vivendo em cada momento, o managing director da Iberia Kantar Worldpanel, admite que para os próximos anos o shopper terá um “foco maior nos gastos considerados essenciais, muito particularmente na área da alimentação”.

Luís Simões admite que, devido à queda nos rendimentos disponíveis das famílias, o consumidor vê-se “obrigado a um ‘downtrading’, privilegiando as opções mais baratas, sempre que não reconhece um benefício directo em categorias ou marcas mais caras”.

Entrevista Boris Planer, Research Director, e TatjanaWolff, Associate Analyst, do Planet Retail
Cientes das dificuldades que Portugal está a atravessar, os dois responsáveis do Planet Retail deixam o aviso: “é pouco provável que Portugal regresse aos níveis de consumo registados pré-crise antes de 2015”

Para Boris Planer, Research Director, e TatjanaWolff, Associate Analyst, do Planet Retail, está na altura de adaptar a oferta ao que os consumidores realmente necessitam e deixar de criar necessidades de compras artificias junto do consumidor. Assim, uma oferta de produto mais focada, com uma maior penetração de marcas próprias de valor, poderá ter uma boa aposta.

Entrevista Anthony Gibson, Presidente das Agências Criativas do Grupo Publicis
O responsável por um dos principais grupos de publicidade nacional admite que o mercado esteve demasiado preocupado com os preços e reconhecimento da marca, sem realmente perceber o que, de facto, está a motivar o consumidor nos dias de hoje

Apesar de reconhecer que a crise económica está a alterar o comportamento do consumidor, Anthony Gibson, presidente das Agências Criativas do Grupo Publicis, acredita que há oportunidades que podem ser aproveitadas. No fundo, “o consumidor vai continuar a evoluir e podemos e devemos evoluir com ele”.

Entrevista Luís Marques, Responsável do Mercado de Retalho da Microsoft Portugal
Analisando o sector do retalho, seja nacional e/ou internacional, é impossível desassociá-lo à tecnologia. De acordo com Luís Marques, responsável do Mercado de Retalho da Microsoft Portugal, a tecnologia “está para ficar e com maior presença no futuro”

Já lá vai o tempo em que o consumidor se dirigia a uma loja e o proprietário ou empregado fazia as contas num papel ou máquina de calcular. Actualmente, a distribuição moderna é dos sectores mais avançados a nível tecnológico, salientando Luís Marques, que “a tecnologia vai evoluir no sentido de ajudar a conhecer melhor os clientes, nomeadamente as suas preferências e hábitos de compra, a criar mais sofisticação na experiência de compra nas lojas físicas e nos canais electrónicos”.

Conselho dos Notáveis Especial
Nesta edição especial do Conselho dos Notáveis, inteiramente dedicado a assuntos relacionados com o sector da Distribuição Moderna, colocámos à consideração do painel questões relacionadas com a nova os principais marcas do sector em Portugal nos últimos 25 anos, o (des)interesse do mercado da distribuição em Portugal, os futuros negócios da distribuição Moderna, o papel das Marcas da Distribuição, os formatos do futuro, e o que mais influenciará a fidelidade/confiança dos consumidores por uma insígnia de Distribuição Moderna no futuro.

Opiniões
Os artigos de opinião desta Edição Especial do Jornal Hipersuper ficaram a cargo de: Luís Moutinho (Sonae MC), “Nova era no retalho moderno”; Américo Ribeiro (Auchan), “O futuro da Distribuição”; Pedro Barbosa (EGP-University of Porto Business School), “Tendências 2012; Clara Cardoso (Projecto C – The Consumer Inteligence Lab), “As engenharias orçamentais de um consumidor em ajustamento”; Pedro Miguel Silva (Deloitte), “Um desafio do tamanho do mundo”; Carla Marques (Alma Consulting Group), “Agravamento do IMI no Orçamento de estado para 2012”; Ana de Sampaio (Cabinet JE Dias Costa), “Exmos. Senhores Empresários, vamos inovar?”; e Liliana Gomes (Hays), “Mudança de Mindset”.

 

Artigos relacionados
JPS Cork Group celebra 100 anos de atividade no setor da cortiça
Não Alimentar
Love Butternut participa em congresso de referência para o setor das Frutas e Legumes
Love Butternut participou no 26.º Congresso AECOC de Frutas e Legumes em Valência
Alimentar
The Navigator Company
The Navigator Company aumenta preços na Europa
Não Alimentar
Lidl
Lidl ao lado da seleção prepara grande festa para dia 16
Retalho
Oakberry está agora disponível nas lojas Continente
Alimentar
Burger King abre primeiro restaurante na Mealhada
Retalho
Vinhos Dona Paterna distinguidos com ouro e prata na Roménia
Bebidas
Aldi doou mais de 300 toneladas de excedentes alimentares essenciais a cerca de 106 entidades
Retalho
Uriage dá a Volta a Portugal em Bicicleta
Não Alimentar
Rede Aqui é Fresco quer duplicar número de lojas com insígnia e identidade visual da marca
Retalho
PUB
Não Alimentar

JPS Cork Group celebra 100 anos de atividade no setor da cortiça

A empresa, que começou a atividade numa pequena fábrica em Paços de Brandão,é atualmente um grupo empresarial que se estende por cinco unidades de produção, em mais de cem mil metros quadrados, em Santa Maria da Feira, Ponte de Sor e Guimarães.

Hipersuper

JPS Cork Group está a celebrar cem anos de atividade e assinalou a data a 7 de junho, com um evento que reuniu toda a ‘família’ do grupo – as empresas Jorge Pinto de Sá e Sedacor.

A empresa, que começou a atividade em 1924, numa pequena fábrica em Paços de Brandão, com o fundador Jorge Pinto de Sá, é atualmente um grupo empresarial que se estende por cinco unidades de produção, em mais de cem mil metros quadrados, em Santa Maria da Feira, Ponte de Sor e Guimarães.

“Ao longo de um século, atravessou desafios e triunfos, adaptando-se continuamente às mudanças do mercado e mantendo um compromisso firme com seus valores fundamentais. Hoje o futuro prevê-se assegurado, não só com a atual segunda geração, mas também com a terceira e quarta já no ativo”, assinala o grupo num comunicado.

Com capacidade para produzir três milhões de vedantes de cortiça, nomeadamente para vinhos tranquilos, espumantes e bebidas espirituosas, atualmente o JPS Cork Group produz uma grande variedade de outros produtos e soluções em cortiça, para as mais diversas áreas de negócio e aplicações.

“Ao longo destes cem anos, a nossa jornada foi marcada por muitas conquistas, dificuldades, e desafios que testaram a nossa capacidade de adaptação e resiliência. Mas nunca nos desviamos do nosso compromisso nem da nossa forma de estar próxima dos clientes e parceiros desde sempre”, destacou Jorge Mendes Pinto de Sá, presidente do Grupo.

Sobre o autorHipersuper

Hipersuper

Love Butternut participa em congresso de referência para o setor das Frutas e Legumes

Love Butternut participa em congresso de referência para o setor das Frutas e Legumes

Alimentar

Love Butternut participou no 26.º Congresso AECOC de Frutas e Legumes em Valência

No debate com o tema “Frutas e Legumes, podem ser cool?”, Cari Plaza, responsável de marketing e comunicação da Sakata Seed Ibérica, enalteceu o trabalho da Love Butternut e sublinhou que, desde o nascimento do projeto, em 2021, as vendas de abóboras, tanto frescas como minimamente processadas, aumentaram 20%.

Hipersuper

A Love Butternut, associação de produtores de abóbora portugueses e espanhóis, participou no 26.º Congresso AECOC de Frutas e Legumes que decorreu em Valência nos dias 11 e 12 de junho, onde agricultores, produtores e distribuidores uniram-se para traçar o futuro do setor.

Cari Plaza, responsável de marketing e comunicação da Sakata Seed Ibérica, foi uma das oradoras deste congresso. Num debate com o tema “Frutas e Legumes, podem ser cool?”, a responsável enalteceu o trabalho da Love Butternut e sublinhou que, desde o nascimento do projeto, em 2021, as vendas de abóboras, tanto frescas como minimamente processadas, aumentaram 20%.

“Isto foi possível porque a maioria dos produtores entendeu a necessidade de ter um objetivo comum sob a defesa da Love Butternut, deixando de lado interesses particulares. Também a colaboração dos supermercados foi essencial, porque é vital ter visibilidade no setor”, explicou Cari Plaza.

Impulsionar o consumo de frutas e legumes, adaptar a oferta destes alimentos aos novos hábitos dos consumidores, a sustentabilidade no centro de muitas decisões e muitos outros desafios foram alguns dos temas abordados neste congresso.

Portugal é o terceiro maior produtor de abóbora da Europa, logo atrás de Espanha e de França.

Sobre o autorHipersuper

Hipersuper

The Navigator Company

The Navigator Company

Não Alimentar

The Navigator Company aumenta preços na Europa

Segundo a empresa, o ajuste é necessário devido ao custo estruturalmente mais alto da maioria dos insumos essenciais para a fabricação de papel, o que torna os níveis de preço atuais insustentáveis.

Hipersuper
Lidl

Lidl

Retalho

Lidl ao lado da seleção prepara grande festa para dia 16

No seguimento do seu patrocínio oficial ao UEFA EURO 2024, o Lidl vai ter 4 Euro Lounges, em que clientes e adeptos podem viver o campeonato ao máximo. E já […]

Hipersuper

No seguimento do seu patrocínio oficial ao UEFA EURO 2024, o Lidl vai ter 4 Euro Lounges, em que clientes e adeptos podem viver o campeonato ao máximo. E já estão confirmados os artistas que animarão esta festa dia 16, em Lisboa: UHF, Nena, Nôa, Cali Flow, Miguel Azevedo, Tânia, Rich Vellaz são alguns dos nomes que vão marcar presença nesta festa gratuita.

Enquanto parceiro oficial do campeonato europeu na categoria de Frescura (Frutas e Legumes), e como parte integrante do seu compromisso de apoio ao desporto, o Lidl terá a decorrer, nos dias 16, 18, 22 e 26 de junho, diversas atividades que irão garantir diversão para toda a família e amigos, bem como a transmissão em direto dos jogos do campeonato nestes dias, que incluem os jogos da Fase de Grupos de Portugal.

Em Lisboa, a primeira Lidl Euro Lounge terá lugar no Parque de Jogos 1º de Maio, a 16 de junho, das 13h30 às 24h00, permitindo aos adeptos assistirem ao jogo Sérvia vs Inglaterra.

Para além de contarem com uma zona de restauração, as Lidl Euro Lounges terão também várias atividades, desde matraquilhos humanos, jogos variados para mostrar os dotes futebolísticos e que permitem ganhar prémios, e ainda a oportunidade única, caso as condições meteorológicas o permitam, de experimentarem a sensação de viajar num balão de ar quente, através de um voo cativo.

 

Sobre o autorHipersuper

Hipersuper

Alimentar

Oakberry está agora disponível nas lojas Continente

A Oakberry passa agora a estar disponível em 96 lojas Continente, de norte a sul do país, com destaque nas zonas junto à costa litoral e zonas urbanas.

Hipersuper

A Oakberry passa agora a estar disponível em 96 lojas Continente, de norte a sul do país, com destaque nas zonas junto à costa litoral e zonas urbanas.

“Sendo a Oakberry a marca de açaí mais consumida pelos portugueses, queremos permitir que os consumidores possam usufruir dos nossos produtos em casa, onde podem fazer as suas combinações preferidas. Esta parceria permite-nos entrar num novo posicionamento da marca, com um parceiro reconhecido e estabelecido no mercado de retalho, que acreditamos que irá ter excelentes resultados e que proporcionará um crescimento cada vez maior, para além da maior proximidade com os consumidores”, afirma o grupo Alida Castro, distribuidor da marca em Portugal.

Ricardo Cherto, managing partner Oakberry, refere que a parceria com o Continente e a constante abertura de lojas, fazem com que a marca tenha uma previsão de crescimento de 80% para este ano.

Fundada em 2016, a Oakberry alargou fronteiras em 2018, ao abrir a sua primeira loja nos Estados Unidos. Está presente em 40 países nos cinco continentes. Em Portugal, conta atualmente com 41 lojas.

Sobre o autorHipersuper

Hipersuper

Retalho

Burger King abre primeiro restaurante na Mealhada

Este é o 11º restaurante do Burger King no distrito de Aveiro e o 1º do concelho da Mealhada. Representa a criação de mais 30 postos de trabalho.

Hipersuper

O Burger King acaba de inaugurar o seu primeiro restaurante no concelho da Mealhada. A inauguração oficial deste novo espaço contou com a presença de António Jorge Franco, Presidente da Câmara Municipal da Mealhada, Abílio Semedo, Presidente da União das Freguesias da Mealhada, Ventosa do Bairro e Antes, de Carlos Couceiro  Presidente da Associação Comercial e Industrial da Bairrada e Aguieira (ACIBA), e de Sandra Santos, da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP), que foram recebidos pelo diretor geral do Burger King Portugal, Domingos Esteves.

Há 23 anos em Portugal, este é o 11º restaurante do Burger King no distrito de Aveiro e o 1º do concelho da Mealhada. Representa a criação de mais 30 oportunidades de trabalho na região, aumentando para mais de 300 o número de postos de trabalho criados pela marca nesta região.

A abertura na Mealhada é parte integrante do plano de expansão do Burger King em Portugal, que conta com cerca de 4500 colaboradores e prevê a abertura de 200 restaurantes até o final do ano.

“A abertura deste espaço na Mealhada é para nós um marco importante no nosso plano de expansão, pois permite-nos levar a experiência Burger King a ainda mais clientes no distrito de Aveiro e, sobretudo, no concelho da Mealhada.”, diz Domingos Esteves, diretor geral do Burger King Portugal. “Nos próximos 3 anos temos previstas cerca de 50 novas aberturas e a criação de mais 1200 postos de trabalho em Portugal, algumas das quais também para reforçar a nossa presença na região Centro”, acrescenta.

Para António Jorge Franco, Presidente da Câmara Municipal da Mealhada, “é com enorme satisfação que vemos a partir de agora, instalada no concelho, mais uma importante marca internacional, que enriquece e diversifica a oferta e aposta na proximidade com os seus clientes, adaptando-se e moldando-se a cada realidade e a cada território. Em linha com a criação de emprego e a dinamização da economia, que são prioridades da ação do nosso Executivo, este novo Burger King resulta de um entendimento com o nosso Município, assente na premissa do desenvolvimento local. Por outro lado, esta foi uma excelente oportunidade para dar o primeiro passo na requalificação e animação de uma zona histórica e de memória da nossa cidade, que queremos elevar através de novas dinâmicas comerciais e culturais.”

Abílio Semedo, Presidente da União das Freguesias da Mealhada, Ventosa do Bairro e Antes, congratula o Burger King pela abertura de um restaurante na região, acrescentando ser uma “lacuna já há muito identificada na Mealhada e que certamente responderá às necessidades dos apreciadores deste tipo de comida, que residem na freguesia, e que por aqui passam diariamente (dada a sua localização estratégica bem à entrada sul da Cidade da Mealhada), acreditando que será uma mais-valia para a economia local da nossa área geográfica.”

O novo restaurante segue o conceito free standing, com a criação de espaços maiores e mais agradáveis para os clientes, como as esplanadas e zonas infantis, que proporcionam experiências não só aos mais pequenos, mas a toda a família.

Situado na Alameda da Cidade, nº 2, o restaurante está aberto de segunda-feira a domingo, das 11h30 às 00h00, com o serviço Drive Thru a funcionar de segunda a quinta-feira até às 01h00 e de sexta e domingo até às 02h00.

Possui uma área de cerca de 350m2 com capacidade para 147 pessoas, 78 em sala e 69 em esplanada.

Sobre o autorHipersuper

Hipersuper

Bebidas

Vinhos Dona Paterna distinguidos com ouro e prata na Roménia

Alvarinho 2022, Alvarinho Trajadura 2022 e Espumante Bruto Alvarinho 2019 foram os vinhos galardoados no VINARIUM International Wine Contest 2024

Hipersuper

A marca de vinhos Dona Paterna viu três dos seus vinhos serem distinguidos no Vinarium International Wine Contest 2024. O Alvarinho Dona Paterna 2022 foi distinguido com medalha de ouro, enquanto o Alvarinho Trajadura 2022 e o Espumante Bruto Alvarinho 2019 receberam prata na 21ª edição do concurso.

“Receber estes prémios no Vinarium International Wine Contest é um reconhecimento do nosso compromisso contínuo com a qualidade e a autenticidade dos nossos vinhos. Estes prémios reforçam a excelência da nossa produção e as condições únicas que a sub-região de Monção e Melgaço tem para a produção de alvarinhos sublimes”, destacou Carlos Codesso, produtor da Dona Paterna.

A concurso no Vinarium International Wine Contest 2024 estiveram 1502 vinhos de 26 países.

A marca Dona Paterna foi lançada em 1990, altura em que Carlos Condesso lançou no mercado o seu primeiro vinho, o 100% Alvarinho. Desde então, o vitivinicultor alargou o portfólio a diferentes segmentos e perfis, quer de alvarinho como de outras castas, assim como de espumantes e aguardentes, mas o alvarinho continua a ser o ex-libris da marca.

Sobre o autorHipersuper

Hipersuper

Retalho

Aldi doou mais de 300 toneladas de excedentes alimentares essenciais a cerca de 106 entidades

Em linha com o seu compromisso de combate ao desperdício alimentar, entre janeiro e março de 2024, a Aldi Portugal apoiou cerca de 106 instituições parceiras de norte a sul do país, com a doação de excedentes alimentares.

Hipersuper

Em linha com o seu compromisso de combate ao desperdício alimentar, entre janeiro e março de 2024, a Aldi Portugal apoiou cerca de 106 instituições parceiras de norte a sul do país, com a doação de excedentes alimentares.

No primeiro trimestre do ano, a Aldi doou mais de 300 toneladas de excedentes alimentares essenciais a cerca de 106 entidades nacionais de cariz social com as quais colabora ativamente, entre as quais Bancos Alimentares, IPSS e ONG, tendo as doações sido feitas a partir de cada uma das suas mais de 140 lojas em Portugal. 

O combate ao desperdício alimentar é uma das maiores preocupações do Grupo Aldi Nord com o Aldi a  retalhista implementar um conjunto de medidas para ajudar a combater o desperdício em Portugal, sendo uma delas as doações de excedentes alimentares. A retalhista colabora atualmente com cerca de 108 entidades por todo o país, estendendo a sua colaboração, em alguns dos casos, aos vários núcleos locais destas entidades, como é o caso da Re-Food, da Cruz Vermelha Portuguesa e da CASA – Centro de Apoio ao Sem Abrigo.

“O desperdício alimentar é um problema que traz grandes impactos negativos em termos ambientais, sociais e económicos. E, enquanto retalhistas, contribuir para combatê-lo é uma das nossas prioridades. Assim, todas as lojas ALDI fazem doações de excedentes alimentares que ainda estão aptos para consumo, tendo parcerias com várias instituições de solidariedade social um pouco por todo o país, que fazem chegar estes alimentos às populações locais”, salienta Elke Muranyi, corporate responsibility director da Aldi Portugal. 

“Desde o dia em que abrimos uma loja, já temos firmada uma ou mais parcerias com instituições locais, o que nos permite não só materializar o nosso compromisso, como contribuir de forma próxima e relevante para as comunidades onde estamos inseridos”, acrescenta em comunicado.

 

 

Sobre o autorHipersuper

Hipersuper

Não Alimentar

Uriage dá a Volta a Portugal em Bicicleta

A Uriage patrocina a 85ª Volta a Portugal em Bicicleta, que vai acontecer de 24 de julho a 4 de agosto de 2024.

Hipersuper

A Uriage patrocina a 85ª Volta a Portugal em Bicicleta, que vai acontecer de 24 de julho a 4 de agosto de 2024.

“A Volta a Portugal é uma das competições desportivas mais emblemáticas do país, representando resistência, dinamismo e uma ligação forte à comunidade. A Uriage vê nesta ligação um casamento perfeito para promover o bem-estar, a superação pessoal e, claro, a saúde e proteção da pele”, explica Marco Loureiro, diretor geral da Uriage Portugal.

O patrocínio é significativo para o património da Uriage, pois permite à marca de origem francesa uma maior aproximação ao público português, fortalecendo a sua imagem de insígnia saudável e ativa. O objetivo ao associar-se a um evento de grande visibilidade como a Volta a Portugal em Bicicleta é consolidar a sua reputação e expandir a sua notoriedade no mercado, numa escolha que a marca de dermocosmética considera estratégica, dado que os ciclistas e o público em geral, durante a competição, estarão expostos ao sol por longos períodos de tempo.

“Para a Uriage, associar-se a um evento com a história e dimensão da Volta a Portugal 2024 é uma oportunidade de reforçar a sua imagem como uma marca sólida e de confiança. A Volta a Portugal é um evento com uma longa tradição e um grande impacto nacional, o que proporciona à Uriage uma plataforma de grande visibilidade para comunicar os seus valores e produtos – especialmente os seus cuidados de proteção solar – a um público alargado. Esta associação também permite à Uriage demonstrar o seu compromisso com a promoção de um estilo de vida saudável e ativo, bem como o seu apoio ao desporto e à comunidade”, remata o diretor geral da marca de dermocosmética.

Sobre o autorHipersuper

Hipersuper

Retalho

Rede Aqui é Fresco quer duplicar número de lojas com insígnia e identidade visual da marca

A diretora-executiva da Aqui É Fresco e da Unimark, Carla Esteves, destacou o crescimento de 10,3% nos resultados verificado em 2023, ano em que 23 novas lojas passaram a integrar a rede que soma já 110.000m2 de área de venda a retalho no total dos 17 distritos em que se insere. 

Hipersuper

A rede Aqui É Fresco anunciou, no decurso da sua XIII Convenção em Braga, o reforço do investimento para a colocação da identidade visual da marca nas lojas associadas.

A decisão, de acordo com João Vieira Lopes, que discursou na Convenção na qualidade de diretor-geral da Aqui É Fresco e da Unimark, visa responder ao aumento da concorrência enfrentada pelo comércio de proximidade e causada pelos grandes operadores económicos, que têm aumentado o número de lojas de pequena e média dimensão desde o final do período pandémico.

Reforçando que a identidade comum das lojas é um fator chave para a sua afirmação no mercado e que a superação da pequena dimensão de cada loja, quando individualmente considerada, passa inevitavelmente pela partilha de uma identidade comum que corresponda ao papel da Aqui É Fresco como principal rede de lojas de proximidade nacional, João Vieira Lopes destacou que o investimento será reforçado visando a duplicação a curto prazo do número de lojas com insígnia e identidade visual da marca.

As declarações de João Vieira Lopes foram proferidas após a diretora-executiva da Aqui É Fresco e da Unimark, Carla Esteves, ter salientado o crescimento de 10,3% nos resultados verificado em 2023, ano em que 23 novas lojas passaram a integrar a rede que soma já 110.000m2 de área de venda a retalho no total dos 17 distritos em que se insere.

A crescer continua igualmente a marca própria da rede Aqui é Fresco, a UP, que registou um aumento de 25% em termos de vendas e alargou o número de referências nos diferentes segmentos de produto.

Em Braga, a XIII Convenção Aqui É Fresco reuniu, durante dois dias, cerca de 1.500 participantes e foi palco de negócios diretos no valor de 15 milhões de euros, entre representantes das principais marcas, retalhistas e grossistas. Este número superou o recorde anterior de 11 milhões de euros no total das transações realizadas durante a Convenção anterior, em 2023.

Sobre o autorHipersuper

Hipersuper

PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se informado

©2023 Hipersuper. Todos os direitos reservados.