Destaque Distribuição

APED vai sensibilizar associados a comprar o que é nosso

Por a 9 de Junho de 2011 as 11:11

O objectivo é valorizar a produção nacional, através de uma divulgação abrangente e acções de sensibilização junto das empresas associadas da APED.

 

A Associação Empresarial de Portugal (AEP) e a Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED) vão, no âmbito do Programa “COMPRO o que é nosso”, assinar um protocolo de parceria, dia 13 de Junho, às 12h00, na Fundação AEP.

O protocolo será assinado por Paulo Nunes de Almeida e Miranda Coelho, administradores da AEP, e por Luís Reis, presidente da APED, e a directora-geral da associação dos distribuidores Ana Isabel Trigo de Morais.

A APED é uma associação patronal, de âmbito nacional, que engloba as empresas que desenvolvem actividade retalhista alimentar e/ou não alimentar, de venda de produtos de grande consumo, em regime predominantemente de livre serviço.

O projecto “COMPRO o que é nosso” apela à consciência cívica dos portugueses, no sentido de comprarem o que é produzido em Portugal e assim contribuírem para a criação de emprego e o desenvolvimento sustentado da economia nacional.

Actualmente, o projecto reúne 670 empresas aderentes que representam cerca de 2.500 marcas e um volume de negócios agregado de 12,5 mil milhões de euros.

 

 

Um comentário

  1. Filipe

    14 de Junho de 2011 at 14:05

    Boa tarde,

    Eu sempre que posso COMPRO O QUE É NOSSO.
    A questão, é a seguinte. Muita gente não consegue perceber o que é nosso. Nomeadamente falo nos produtos que não são nossos e cujo EAN é português (560), pois para ter este EAN não é necessário que o produto seja portugês. Vejam por exemplo o caso dos produtos cuja origem se pode identificar através da marca de salubridade (productos de origem animal)e que surgenm com um EAN a iniciar em 560, mas que são produzidos em Espanha, França, Bélgica, Alemanha e até Polónia.
    Quiçá fosse pertinente uma sessão de esclarecimento que permitisse uma mais fácil identificação do que é nosso.

    Cumprimentos

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *