Destaque Destaque Homepage Digital Homepage Newsletter

Mercadão prevê alcançar 10% de quota do retalho alimentar online

Por a 14 de Junho de 2018 as 15:56
mercadao

mercadaoO shopping online Mercadão, que aloja o supermercado virtual do Pingo Doce, estima alcançar uma quota de mercado de 10% do retalho alimentar online até ao final do ano, nas regiões onde já tem operação: Lisboa, Sintra, Odivelas, Loures, Porto, Matosinhos, Leça da Palmeira, Vila Nova de Gaia e Maia, contou em entrevista ao Hipersuper Gonçalo Soares da Costa, Fundador e CEO da Fonte Online.

A startup portuguesa Fonte Online lançou o Mercadão no início do ano. “É o primeiro marketplace português de entregas no mesmo dia, orientado para uma oferta alimentar de referência, destacando-se a parceria com o Pingo Doce”, refere Gonçalo Soares da Costa.

“O retalho alimentar online em Portugal tem ainda pouca expressão em Portugal, mas acreditamos que estamos num momento de viragem e que propostas focadas na conveniência, como o Mercadão, terão um peso decisivo no aumento do potencial de mercado”, sublinha o CEO da Fonte Online.

Ao longo dos próximos meses, o Mercadão expandirá atividade para Cascais, Oeiras, Coimbra, Braga e áreas selecionadas da Margem Sul e Algarve.

Gonçalo Soares da Costa, Fundador e CEO da Fonte Online

Gonçalo Soares da Costa, Fundador e CEO da Fonte Online

Entregas online no mesmo dia

A Fonte Online identificou uma necessidade. “Entregas rápidas de bens que compramos todos os dias”. Para acrescentar valor à proposta, procurou inspiração lá fora. “Somos pioneiros em Portugal mas há alguns bons exemplos do mesmo conceito: a Instacart, nos EUA, e a Mercadoni, na América Latina. São dois exemplos de propostas com uma tração notável nas geografias onde atuam”, considera Gonçalo Soares da Costa.

O projeto levou cerca de seis meses a sair do papel e foi desenvolvido de raiz internamente. Teve um investimento de um milhão de euros, montante que a empresa prevê recuperar no último trimestre de 2019. Com o Mercadão, a startup criou 24 postos de trabalho.

O modelo de negócio é simples. O Mercadão, enquanto revendedor dos retalhistas – além do Pingo Doce, tem lojas da Arcádia e da Vinha Online, entre outras –, cobra aos parceiros uma comissão sobre as vendas. “Além disso, contamos com a cobrança de portes de envio”, esclarece Gonçalo Soares da Costa.

Apesar de multi-shopping, a plataforma é conveniente. “Navego entre retalhistas, compro aqui e ali, mas tenho no final um checkout único”.

Um total de 90% das entregas do Mercadão são feitas no dia da encomenda e 25% são entregues em duas a quatro horas. “É um ponto diferenciador da nossa proposta e no qual vamos continuar a apostar”, remata o fundador.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *