FMCG Homepage Newsletter

Unilever vende divisão de margarinas por €6,8 mil milhões e anuncia nova aquisição na área de cuidado pessoal

Por a 19 de Dezembro de 2017 as 16:35
unilever

A Unilever chegou a acordo para venda da divisão de margarinas (designada Spreads) à KKR (Kohlberg Kravis Roberts) por 6825 milhões de euros. Ao mesmo tempo, a gigante do grande consumo concluiu a compra da Schmidt’s Naturals, uma marca de cuidado pessoal sediada em Portland (Estados Unidos), anunciou o grupo em comunicado.

Venda da divisão de margarinas

Segundo o CEO da Unilever, Paul Polman, a venda da divisão que inclui as marcas Flora e Becel “marca um novo passo na remodelação e nitidez do portefólio para o crescimento a longo prazo” do grupo anglo-holandês, depois de em abril deste ano este ter definido um programa para 2020 de forma a “acelerar a criação sustentável de valor”. Nicolas Liabeuf, atual CEO da divisão, irá continuar a liderar o negócio.

A Unilever colocou a Spreads à venda em março deste ano, depois de recusar em fevereiro a proposta da Kraft Heinz para a aquisição de toda a empresa europeia por 143 mil milhões de dólares, montante que a Unilever não considerou suficiente. Desde então, a KKR já tinha sido apresentada como uma das potenciais compradoras da divisão de margarinas.

“A força do portefólio de marcas de consumo da Spreads fornece uma base sólida para o crescimento futuro”, explica Johannes Huth, líder da KKR para a região EMEA (Europa, Mádio Oriente e África), acrescentando que a empresa irá dar seguimento às “políticas responsáveis de abastecimento da Unilever, que incluem o objetivo do óleo de palma utilizado pela produtora seja em 100% proveniente de práticas sustentáveis até 2019″.

A transação é financiada por fundos de private equity europeus e norte-americanos da KKR, estando ainda sujeita a aprovações regulatórias. A conclusão do negócio está prevista para meados de 2018.

Compra da Schmidt’s Naturals 

A Unilever anunciou também a compra da empresa de cuidado pessoal Schmidt’s Naturals. Fundada em 2010 por Jaime Schmidt, esta empresa começou como uma marca de desodorizante e ampliou a oferta a sabonetes e cremes dentífricos. “É uma marca forte e inovadora na categoria de produtos naturais – que está em rápido crescimento – e complementa o nosso atual portefólio de desodorizantes nos Estados Unidos, que inclui marcas líderes como Axe e Dove”, declara Kees Kruythoff, presidente da Unilever para a América do Norte.

Alan Jope, presidente da Unilever Personal Care, diz por sua vez que a compra vem potenciar “de forma estratégica o negócio de cuidado pessoal, permitindo-nos alcançar novos consumidores que preferem opções naturais”. Os termos da transação não foram divulgados, sendo que esta deve ficar concluída no primeiro trimestre de 2018.

O grupo volta assim a reforçar o negócio de cuidado pessoal, depois da compra da também norte-americana Sundial Brands, em novembro deste ano; da brasileira Mãe Terra, em outubro; e da sul-coreana Carver Korea, em setembro. Entre as mais recentes aquisições do grupo anglo-holandês está também a marca de chás Tazo, da Starbucks, em novembro.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *