Homepage Newsletter Produção

Mistolin Company investe €5milhões para criar novos produtos

Por a 31 de Outubro de 2017 as 17:40
Mistolin_laboratório

IMG_0296
Com o mercado doméstico na sua génese, a Mistolin Company reinventou-se ao longo dos seus 25 anos para se tornar especialista em soluções de higiene e limpeza para marcas privadas, as quais prevê que pesem 50% da sua faturação em 2019.

Depois de evoluir a partir da comercialização de produtos para o mercado doméstico (B2C – business to consumer) para a especialização no canal profissional (B2B – business to business), a Mistolin Company completou nos últimos quatro anos um investimento de “cerca de cinco milhões de euros” para prestar um apoio mais personalizado a clientes e parceiros ao longo de toda a cadeia de abastecimento, revela fonte da empresa ao HIPERSUPER.

Em 25 anos de existência, a produtora do grupo nacional MSTN acumulou um portefólio de mais  de 300 fórmulas próprias, quase 1000 de referências e uma dezena de marcas desenvolvidas, deixando no seu legado, por exemplo, a marca de detergentes à venda ao público Mistolin, patente entretanto cedida. Agora, a empresa pretende colocar a “expertise” acumulada ao serviço das empresas do setor de limpeza e higiene, tendo-se munido de recursos humanos, técnicos e laboratoriais, para oferecer um acompanhamento que vai desde estudos de mercado e definição de gamas de produto, passando pela criação de novos produtos e rótulos, até ao embalamento e transporte.

“A estratégia abrange clientes de ‘private brand’. Oferecemos a nossa capacidade produtiva e  ‘know-how’ na área para desenvolver produtos com cariz inovador e exigência técnica. As áreas nas quais temos maior capacidade de produção são: auto, cozinha, lavandaria, pavimentos, multi-superfícies, desinfetantes, agroalimentar e construção, entre outros”.

O investimento dos últimos anos permitiu “duplicar” a capacidade de produção da Mistolin Company para as “5000 toneladas de produtos por mês”, entre as quatro unidades fabris. Além da fábrica instalada em Vagos (Aveiro), que se estende por 14 mil metros quadrados (m2), a empresa detém pólos industriais na Argélia (5000 m2), Angola e Moçambique (ambos com 3000 m2).

Mistolin_laboratório
Os cerca de cinco milhões de euros foram aplicados, concretamente, em “máquinas, equipamentos e estudos necessários para o correto dimensionamento do ‘layout’ fabril, dotando-o de flexibilidade para se ajustar à produção de novos produtos e também a novas abordagens ao mercado internacional, via cobranding” (“private brand”). Além disso, foram realizadas “obras de remodelação, necessárias para o correto acondicionamento, movimentação e instalação dos equipamentos produtivos previstos”.

Desta forma, empresa mostra-se preparada para futuros desafios, esperando crescer através da aposta em novos produtos para as marcas dos clientes profissionais e também nas exportações. O segmento “private brand” representa já 38% do volume de negócios da Mistolin Company, que espera uma subida do valor para os 50% em 2019. A exportação, por outro lado, pesa “entre 25% e 30%” da sua faturação que, no último ano, se fixou em “aproximadamente 12 milhões de euros”. Este ano, as vendas para fora do país evoluíram “10%” no primeiro semestre, face ao período homólogo, sendo que a fabricante exporta para nove países.

No mercado nacional, a empresa que representa cerca de “metade do volume de negócios do grupo MSTN” tem-se aliado à investigação das universidades, nomeadamente, às de “Aveiro e Coimbra”. Neste momento, tem em curso “duas patentes e quatro grandes projetos” de Investigação & Desenvolvimento, os quais têm “subjacente a substituição de matérias-primas inorgânicas por outras orgânicas, menos nocivas e mais sustentáveis para o meio ambiente”, explica a Mistolin Company.

*Texto originalmente publicado na edição impressa de outubro do HIPERSUPER

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *