FMCG Homepage Newsletter

99% do café servido pela Starbucks já cumpre normas éticas de produção

Por a 11 de Setembro de 2017 as 14:51
Woman picking cherries_1

Os copos servidos na Starbucks no último sábado, dia 9 de setembro (9/9), foram riscados com a marca “99”, celebrando a meta ética alcançada pela cadeia: 99% do café que chega às lojas tem proveniência de fornecedores que cumprem os requisitos de responsabilidade social, ambiental, económica e de qualidade. A ação foi levada a cabo em toda a Europa.

A bandeira alçada pela cadeia especialista em café tem por base a parceria desenvolvida com a Conservation International, através da qual foram construídas há 15 anos as C.A.F.E (Coffee and Farmer Equity) Practices, normas para que os agricultores produzam e forneçam café de forma sustentável e justa. Os requisitos passam, por exemplo, pela obrigação de os fornecedores apresentarem registos de pagamento aos agricultores de café ou de ajudar a preservar os terrenos e regiões, entre outros, e já impactaram mais de 1 milhão de agricultores em quatro continentes.

“Foram investidos mais de 100 milhões de dólares no apoio a comunidades” durante estes 15 anos, explica Kelly Goodejohn, Starbucks Diretor Ethical Sourcing. “A empresa esteve sempre comprometida em recolher apenas o melhor café, tratado de forma ética, e comercializar apenas café 100% Arábica. Pretendemos elevar o nosso modelo e práticas sustentáveis a todas as comunidades agrícolas de café em novas regiões atingindo os 100%”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *