Destaque Destaque Homepage Distribuição Homepage Newsletter

Mercadona recupera centro industrial para criar Centro de Coinovação em Portugal

Por a 6 de Setembro de 2017 as 11:55
Centro de Coinovação
Centro de Coinovação
Ana Teresa Lehmann, Secretária de Estado da Indústria, Paulo Alexandre Ferreira, Secretário de Estado Adjunto e do Comércio, Manuel Caldeira Cabral, Ministro da Economia, Elena Aldana, Directora de Relações Externas de Mercadona em Portugal e Eduardo Pinheiro, Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos

Ana Teresa Lehmann, Secretária de Estado da Indústria, Paulo Alexandre Ferreira, Secretário de Estado Adjunto e do Comércio, Manuel Caldeira Cabral, Ministro da Economia, Elena Aldana, Directora de Relações Externas de Mercadona em Portugal e Eduardo Pinheiro, Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos

 

 

A cadeia espanhola Mercadona recuperou um antigo centro industrial da cidade de Matosinhos para instalar o Centro de Coinovação, onde vai analisar os hábitos do consumidor português.

No espaço com 1000 metros quadrados (m2) vão ser estudadas as preferências do “shopper” português, em colaboração com os próprios. A meta é desenvolver uma gama de produtos “eficaz e inovadora” que vai estrear nas prateleiras em 2019, data prevista para a inauguração dos primeiros quatro supermercados em Portugal.

A retalhista valenciana abriu as portas do centro de Coinovação para realizar uma visita institucional que contou com a presença do Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral.

O laboratório de ideias segue um modelo de desenvolvimento designado “Estratégia Avental”, através do qual a cadeia dispõe de especialistas que se encarregam de “captar as necessidades dos clientes, escutar e observar os seus gostos e preferências”. A informação é depois transmitida aos “fornecedores especializados para que, dependendo do caso, melhorem produtos já comercializados ou desenvolvam novas soluções”, explica a Mercadona.

Centro de Coinovação

Centro de Coinovação

O centro, que se junta aos 13 espaços deste tipo que a cadeia tem em Espanha, está localizado na Avenida Menéres, em Matosinhos, e os seus 1.000 m2 estão distribuídos por dois andares. Dispõe de salas de degustação de produto, cozinhas e outros espaços que simulam as casas dos “Chefes” (como a cadeia apelida os seus clientes) para as sessões participativas.

“Este investimento abre oportunidades às empresas portuguesas para fornecerem novos produtos a este grupo, não só no mercado português mas em todo o mercado ibérico onde a rede opera 1614 supermercados. Em 2016, a Mercadona comprou 56 milhões de euros a empresas portuguesas. É por isso uma enorme alavanca para a entrada de produtos portugueses em Espanha”, disse o Ministro da Economia, por ocasião da visita ao espaço.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *