Destaque Destaque Homepage FMCG Homepage Newsletter

As marcas mais escolhidas no mundo

Por a 26 de Junho de 2017 as 12:03
pergunta

A Coca-Cola continua a ser a marca mais escolhida a nível mundial, com uma penetração de 42% em nove países que representa cerca de 80% da população, segundo o quinto estudo anual “Brand Fooprint” da Kantar Worldpanel. Colgate é a segunda marca deste ranking e é a única marca escolhida por mais de 50% da população mundial. Dettol, por sua vez, é a marca que mais cresce na tabela, entrando no Top 50 pela primeira vez.

O “Brand Footprint” mede a escolha do consumidor através de uma métrica designada CRP (Consumer Reach Point). O estudo identifica 21 marcas que são escolhidas mais de um bilião de vezes. Dentro do Top 10, as marcas Sunsilk (+12%), Colgate (+1%) e Nestlé (+1%) conseguiram aumentar o seu CRP no último ano.

Na edição deste ano, a consultora quantifica o valor médio para uma decisão do consumidor, ou seja, o custo médio pago pelo comprador cada vez que escolhe uma marca. A média de decisão por uma marca na prateleira custa ao consumidor 1,92 dólares, sendo que o valor dessa decisão varia “largamente” por categoria. Comprar marcas de alimentação vale menos do que produtos de saúde e de beleza, mas são compradas com mais frequência.

A pesquisa revela também que as marcas locais cresceram 2,6% face à edição anterior. Estas marcas são “particularmente fortes em categorias de alimentação e bebidas, sendo escolhidas 74% das vezes em alimentação e 67% em bebidas”.

Em 2016, a diferença de preços entre marcas globais e marcas locais “reduziu ao ponto de praticamente desaparecer. Ser uma marca global já não significa ter automaticamente um preço premium. As marcas globais têm, atualmente, que trabalhar mais para convencer os consumidores de que a preferência oferece garantia de qualidade e confere prestígio”, aconselha Josep Montserrat, Global CEO, Kantar Worldpanel.

“Ser escolhida por mais pessoas, com mais frequência é a forma de as marcas cresceram. Perceber onde encontrar as oportunidades mais valiosas – seja numa região emergente com população em crescimento ou inovando para atender a necessidades por explorar num mercado mais desenvolvido – é crítico para todas as marcas”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *