Homepage Logística Newsletter Ponto de Venda Tecnologia

Linde desenvolve sistema de segurança na movimentação de cargas através de radar

Por a 6 de Janeiro de 2016 as 18:06
4244_001_B[2]

4244_001_B[2]A Linde, especializada no fabrico de empilhadores e máquinas de interior, desenvolveu o sistema de assistência na condução Speed Assist, com sensores de radar para marcar o caminho e conferir mais segurança ao transporte da carga entre os vários ambientes.

“O espaço de transição entre as zonas interiores e exteriores dos centros logísticos e as unidades de produção costuma ser uma zona crítica ao nível de segurança, sendo que os operadores de equipamentos em exteriores devem reduzir a velocidade quando entram no armazém, para levar a carga em segurança ao seu destino e proteger os funcionários que aí trabalham”, explica a empresa em comunicado.

O sistema Speed Assist deteta se o equipamento se encontra no exterior ou dentro do armazém e adapta a velocidade. Está equipado com tecnologia de radar “independente do clima, tempos de resposta graduais e ajustáveis, assim como sensibilidade no sensor ajustável”. “Ao contrário de outras soluções no mercado”, este sistema não se baseia no clima nem em tecnologia de infravermelhos mas nos sensores de radar, que cobrem um alcance de entre 1 e 24 metros.

A utilização de tecnologia de radar “não requer mais investimentos”, uma vez que o sensor está colocado no tejadilho e é, ao mesmo tempo, o transmissor e o recetor do seu próprio sinal, que se reflete a partir do teto. Isto indica ao equipamento se está dentro de um edifício ou no exterior, ajustando a sua velocidade.

“A fiabilidade operacional não se vê afetada, inclusivamente em condições climatéricas extremas como frio, calor ou chuva intensa”. O intervalo de temperaturas de funcionamento permitido está entre os – 40 e + 65°C.

Além disso, o tempo de resposta dos sensores é ajustável e pode ser configurado em quatro níveis diferentes. A sensibilidade ajustável permite inclusivamente bloquear os sinais não desejados. Assim, “graças à parametrização individual, o sistema deteta tanto os pequenos objetos como as super-estruturas como tubagens, tetos salientes ou copas de árvores sem reduzir a velocidade desejada de forma imediata”.

Esta solução pode ser adaptada a frotas existentes, assim como em novos equipamentos. Devido ao baixo número de componentes e à simples instalação desta solução, é também uma opção de segurança viável para equipamentos de aluguer.

Consta basicamente de três elementos: o sensor, um conjunto de cabos com relé e um kit de instalação que inclui um dispositivo de fixação. “A atualização leva muito pouco tempo se é realizada por um técnico da Linde”.

A empresa disponibiliza três variantes de sensor para garantir que se cumprem as diretrizes de telecomunicações específicas nos mercados da Europa, E.U.A., Canadá, Brasil, China, Austrália e Nova Zelândia.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *