FMCG Homepage Newsletter Vinhos

Nova marca de vinhos de montanha nasce em Trás-os-Montes

Por a 26 de Agosto de 2015 as 9:59
Mont’Alegre

Mont’AlegreMont’Alegre é a nova marca de vinhos de montanha, assinada pelo enólogo Francisco Gonçalves que, num regresso às origens, propõe uma renovada abordagem às colheitas da Região de Trás-os-Montes, com o estágio e envelhecimento dos vinhos na Vila de Montalegre como fator de diferenciação.

Com um investimento de cerca de 300 mil euros, o projeto arranca com duas referências: Mont’Alegre Clássico Tinto 2013 e Clássico Branco 2014 são produzidos a partir de castas autóctones da região, oriundos de vinhas plantadas em solos de predominância granítica e com altitudes acima dos 650 metros. Mais tarde, tudo acontece na Vila de Montalegre, dotando-os de frescura, equilíbrio e elegância.

Com o objetivo de registar um crescimento de 15% ao ano, o volume de produção situa-se, atualmente, nas 30 mil garrafas.

A distribuição em território nacional é assegurada pela David Vinhos para os canais ‘on’ e ‘off trade’ e, nos mercados externos, a marca deverá estar em breve à venda na Suíça, Luxemburgo, Bélgica, França, Angola, Estados Unidos e Brasil.

Um comentário

  1. Modesto Junqueira

    28 de Agosto de 2015 at 12:10

    Fazer qualquer coisa pelo vinho é bom mas fazê-lo pelo vinho da nossa região ou da região que acreditemos é melhor. Mas amigos, a Região de Trás os Montes, composta pelas sub-regiões de Chaves, Planalto, Mirandês e Valpaços, penso eu, que se houvesse um entendimento para ser encontrada uma marca composta por uns milhares de garrafas seria seria óptimo. Desta forma, não passam de “meia dúzia de garrafas” que cada produtor produz, o que é sempre difícil; ou mais difícil de conseguir um mercado o mais competitivo possível. Para bem do Vinho sempre a nossa inteira disponibilidade. Saudações Báquicas.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *