Distribuição Homepage Newsletter

Marcas próprias perdem 4,4% de vendas no trimestre, apesar de mais promocionadas  

Por a 6 de Maio de 2015 as 11:54
promocoes

mdd_retalho

As estratégias dos operadores no Grande Consumo não tem conseguido evitar a contínua redução do volume comprado pelas famílias portuguesas no FMCG (bens de grande consumo) nos últimos quatro anos, segundo um estudo da Kantar Worldpanel.

A situação não melhorou para os distribuidores nacionais no primeiro trimestre do ano. O volume promocional aumentou 28% mas as compras reduziram 2.1% durante o primeiro trimestre de 2015, face o mesmo período do ano anterior.

“Apesar do aumento em 28% do volume promocional verificado neste trimestre, o resultado continua a ser uma redução global da quantidade comprada. Mais significativa é ainda a queda verificada na oferta MDD (Marcas da Distribuição) onde, apesar de este ano surgirem maior número actos de compra com promoções neste tipo de oferta, isso não evitou uma queda do volume das MDD (-4,4%), quase o dobro do verificado no mercado total FMCG. As promoções só parecem estar a ter um efeito positivo no crescimento do volume comprado de marcas de fabricante, que crescem 3,2% nestes primeiros meses do ano”, sublinha um comunicado da consultora.

A informação considera apenas as promoções constantes nos folhetos promocionais da distribuição moderna em produtos embalados, excluindo os frescos. A amostra do painel de lares da Kantar Worldpanel é composta por 4.000 lares, representativos do universo em estudo.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *