Destaque Newsletter Opinião

Plano de Negócios: Já tem o seu?, por Rita Sampaio (Maquijig)

Por a 27 de Dezembro de 2013 as 10:23
Rita Sampaio

Por Rita Sampaio, CEO do Centro de Empresas Maquijig*

O plano de negócios é um documento que reúne informações sobre as características, condições e necessidades do futuro negócio, com o objectivo de analisar a sua potencialidade e viabilidade, facilitando desta forma sua implantação.

Além disso, permite desenvolver ideias a respeito de como o negócio deve ser conduzido, examinando a viabilidade da empresa sob todos os pontos de vista, tais como o mercado lógico, o financeiro e o operacional.

É uma oportunidade para refinar estratégias e cometer erros no papel em lugar de cometê-los na vida real. Lembre-se: todo negócio visa responder a uma necessidade, e uma ideia não vale nada se alguém não estiver disposto a pagar por ela.

Quando fizer o seu plano de negócios deverá ter em conta o preenchimento de oito secções:

1) Sumário executivo – É a primeira parte que será lida por um eventual investidor. Deve conter os pontos principais e mais interessantes do plano. Não costuma ter mais de uma página.

2) Descrição da empresa – Contém um sumário da empresa, o seu modelo de negócio, a natureza, a história, estrutura legal, localização, objectivos, estratégias e missão. Deverá ter a dimensão de uma a duas páginas.

3) Produtos e serviços – Descrição dos produtos e serviços da empresa, características, forma de uso, especificações, estágio de evolução. Duas páginas no máximo.

4) Estrutura organizacional – Como a empresa está organizada internamente, número de funcionários, principais posições, perfil do profissional. Duas páginas no máximo.

5) Plano de marketing – Aqui será descrito o sector, o mercado, as tendências, a forma de comercialização, distribuição e divulgação dos produtos, preços, concorrentes e vantagens competitivas. Mais longa, esta secção deverá ter entre cinco a seis páginas.

6) Plano operacional – Descrição do fluxo operacional, cadeia de suprimentos, controlo de qualidade, serviços associados, capacidade produtiva, logística e sistemas de gestão. Três a quatro páginas no máximo.

7) Estrutura de capitalização – Como a empresa está capitalizada, ou seja, quem faz parte da sociedade, as necessidades de capital de terceiros, a forma de remuneração e as estratégias de saída. Entre duas a três páginas.

8) Plano financeiro – Como a empresa se comportará ao longo do tempo do ponto de vista financeiro, descrições de cenários internos e externos, pressupostos críticos, situação histórica, fluxo de caixa, análise do investimento, demonstrativo de resultados, projecções de balanços e outros indicadores. Entre cinco a seis páginas.

O principal objetivo para elaboração de um Plano de Negócios é reunir um conjunto de informações a fim de estruturar a empresa idealizada e perguntar-se em qual das situações se enquadra a sua ideia de negócios. Deverá analisar alguns aspectos para saber se sua ideia de negócios é, em primeiro lugar, uma oportunidade viável ou não, para depois tomar a decisão de seguir em frente, procurando mais informações a fim de organizá-las no formato de um Plano de Negócios.

*A Maquijig é um centro de empresas que oferece um leque alargado de serviços aos clientes e membros de networking, entre estes Escritórios Virtuais, Coworking, Hot Desking e serviços de aluguer de espaços para formações e eventos

Um comentário

  1. Pingback: Maquijig | Maquijig no Jornal Hipersuper: Plano de Negócios: Já tem o seu?

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *