Destaque Distribuição Homepage Newsletter

EXCLUSIVO: Equação Lógica põe consumidores e markteers a trocarem ideias na WEB

Por a 22 de Junho de 2012 as 12:12
criatividade_inovacao

A Equação Lógica, empresa de estudos de mercado, lançou uma plataforma online de partilha de informação e conhecimento entre profissionais e público em geral, a que deu o nome de “e-criatividade”.

 

A nova marca registada tem por base a filosofia de “crowdsourcing” criativo e “pretende aceder a um conjunto diversificado de informação relevante junto da população portuguesa com o objectivo de fornecer soluções a problemas existentes”.

Entrevistámos Andreia Pereira, Research Executive da Equação Lógica, para perceber melhor o conceito e como se diferencia de projectos idênticos já em marcha no nosso País.

Como define a plataforma “e-criatividade”?

A e-criatividade é um fórum onde mentes criativas serão convidadas a debater, explorar e aprofundar novas ideias para a sua marca. A e-criatividade foi desenvolvida para ser usada no inicio do processo do desenvolvimento estratégico com o objectivo de criar um ponto de partida para o seu desenvolvimento junto das agências de publicidade, media e/ou comunicação.

Baseia-se na filosofia de crowdsourcing criativo. Em que consiste?

O crowdsourcing criativo é uma nova tendência a nível mundial, que não deve ser ignorada, que vem juntar os consumidores mais criativos aos marketeers. Ou seja, são fóruns de discussão ou de colocação de ideias sobre um determinado tema lançado à população.

Ao contrário das plataformas tradicionais de crowdsourcing, a e-criatividade: dirige-se apenas ao target da categoria (não profissionais da área da publicidade), garantindo desta forma que é compreendido o contexto da categoria em análise e utiliza participantes recrutados residentes em Portugal, garantido a participação activa e de qualidade dos indivíduos.

Quais são as mais-valias para as empresas?

Rapidez na obtenção de dados, flexibilidade na recolha de informação, interacção com o target, ambiente adequado para estimular a criatividade e inovação no inicio do seu processo.

Qual é o público-alvo da nova plataforma?

Todas as empresas que pretendem realizar um estudo de mercado e pretendem estar em contacto com os seus clientes.

Qual o investimento que as empresas têm de fazer para aceder a este estudo?

A e-criatividade não é um estudo, é uma metodologia e tem como preço base 6.500 euros + IVA.

Explica que o objectivo da plataforma é resolver problemas existentes. Quais?

O desenvolvimento de novos conceitos e produtos, o desenvolvimento de novas ideias para eventos e promoções, verificação da aceitação de um conceito, produto ou comunicação ou a procura de novas tendências, entre outros.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *