Distribuição Homepage Newsletter

Retalho tradicional regressa ao crescimento no trimestre

Por a 1 de Junho de 2012 as 17:42
retalho

Mais 73 mil lares compraram no retalho tradicional no primeiro trimestre, revela uma análise da Kantar Wordpanel, sobretudo nos canais especializados, em particular o talho, mas também as peixaria e frutaria.

 

“Pode tratar-se de uma questão meramente conjuntural, mas o canal tradicional voltou a crescer no trimestre. Este crescimento pode ser explicado pela redução da diferença de preço face à distribuição moderna. No caso do talho, por exemplo, o preço médio caiu 2,5% enquanto na distribuição moderna subiu 5,7%. Mas também é explicado pela necessidade de ajustes na compra”, revela Paulo Caldeira, director de marketing da Kantar Worldpanel.

Evitar as filas nos supermercados ou comprar a carne com um corte especial e feito à medida, são alguns exemplos daqueles ajustamentos.

O Continente é, por outro lado, a insígnia mais dinâmica. Um total de 75% dos lares nacionais compraram pelo menos um artigo no Continente no primeiro trimestre do ano. A insígnia reteve 50% do total do valor gasto no período em bens de consumo. “É o valor mais elevado de sempre. O Continente é a insígnia mais dinâmica, com mais compradores e que mais fideliza”, conclui Paulo Caldeira.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *