Distribuição Homepage Newsletter

Jerónimo Martins deverá ter subida de 28% nos lucros em 2011

Por a 6 de Março de 2012 as 16:25
jm_pedro_alexandre_soares_dos_santos

De acordo com uma “poll” de analistas ouvida pela Reuters, citada pelo Diário Económico, a Jerónimo Martins (JM) deverá apresentar uma subida de 28% nos lucros relativamente ao exercício de 2011 face ao ano anterior, podendo ver os mesmos atingir os 359 milhões de euros.

Destacando o papel da operação polaca da Biedronka, esta “poll” de analistas ouvida pela agência Reuters, o EBITDA terá registado uma subida de 11% para 727 milhões de euros, com as vendas anuais a ascenderem, segundo avançou o maior retalhista português nas vendas preliminares, aos 9,83 mil milhões, correspondendo a uma subida de 13% face a 2010.

Já no que diz respeito ao último trimestre do ano passado, a “poll” ouvida pela Reuters avança com uma evolução de 15% nos lucros, podendo ficar acima dos 100 milhões de euros.

“O aumento do lucro, no quarto trimestre de 2011, é suportado no crescimento operacional e na queda dos custos financeiros. Uma vez mais, a Biedronka terá sido o motor do crescimento”, afirmou José Rito, analista do BPI, à Reuters.

À Lusa, os analistas contactados pela agência, avançou com uma média de crescimento de 19% no quarto trimestre de 2011, face a igual período de 2010, para 105,9 milhões de euros, adiantando que as vendas da dona do Pingo Doce e da Biedronka terão aumentado 6,9% no último trimestre de 2011 trimestre para 2,518 mil milhões de euros, enquanto o resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) deverá ter subido 20%, para 200,8 milhões de euros.

De referir que o grupo JM apresenta os resultados de 2011 amanhã, dia 7 de Março de 2012.

 

Um comentário

  1. António

    8 de Março de 2012 at 12:25

    Chama-se a isto vender barato !!!!!!!!!!!!
    A diminuir o tamanho das embalagem e a vender aos mesmos preço também eu fazia riqueza, mais a enganar os velhotes com cabazes que não valem nada nada.
    Obrigado.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *