Douro e Porto em destaque na Prowein

6 de Março de 2012 por Victor Jorge

“O balanço não podia ser mais positivo”. É assim que Manuel de Novaes Cabral, presidente do Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto (IVDP), destaca a participação dos vinhos do Douro e Porto na Prowein, a maior feira internacional de vinhos para profissionais, realizada em Düsseldorf, na Alemanha.

“Os produtores da Região Demarcada do Douro representados estão a ser muito solicitados pelos empresários internacionais do sector, designadamente do continente asiático e americano, e, por isso, não só as expectativas relativamente às repercussões da presença nesta feira estão elevadas como também se estão a concretizar muitos negócios”, acrescenta.

A importância da presença num dos maiores certames internacionais de vinhos e bebidas espirituosas para a Região Demarcada do Douro é notória, com o espaço ocupado pelo IVDP a aumentar para 300 metros quadrados, mais 100 que na edição de 2010, destacando-se o interesse dos responsáveis em aumentar nas próximas edições.

Aliás, a presença dos vinhos portugueses ocupa mais de 1.000 metros quadrados, sendo o quinto maior espaço da Prowein, relevando, de facto, o investimento que o sector está a fazer nas exportações.

O IVDP fez-se representar, nos três dias da feira, por 47 produtores da Região Demarcada do Douro que, diariamente, organizaram provas comentadas para profissionais e contactaram com o público especializado que procura a feira para consolidar negócios ou iniciar outros.

“Os vinhos do Douro e Porto arriscaram contrariar o contexto económico e, enquanto responsável pelo IVDP, posso arriscar dizer que valeu a pena. A área do IVDP tem tido um grande movimento e as informações que recebo dos produtores não poderiam ser mais positivas, com Canadá e EUA a marcarem uma posição muito forte na procura dos nossos vinhos, mas também países do Norte e do Leste da Europa a quererem dinamizar a comercialização dos mesmos. Nos frequentes contactos que tenho tido com as empresas tem sido transmitida a enorme satisfação quanto à participação e destacada a forte concretização de negócios”, sublinha ainda Manuel Cabral.

De referir que a participação na Prowein é um dos investimentos maiores do IVDP em termos de promoção internacional e tem como grande objectivo criar condições para que todos os agentes económicos façam negócios e potenciem a sua componente exportadora, além, claro está, de criar notoriedade para a Região Demarcada do Douro e dos seus vinhos.

 

     
  • Notícias relacionadas

    No related posts.

Deixar uma resposta