Distribuição Homepage Newsletter

Apenas 0,6% das vendas de bens de consumo são feitas online

Por a 18 de Janeiro de 2012 as 15:58
e.commerce

Apenas 0,6% das vendas de bens de consumo rápido (FMCG) em Portugal são feitas online.

 

Em Inglaterra, o comércio electrónico já representa 5,3% da venda total destes bens essenciais às famílias, revelou Luís Simões, Managing Director da Ibéria Kantar Worldpanel, no IV Congresso da Distribuição Moderna, que terminou hoje.

Uma estimativa da consultora, que resulta de uma análise a um painel constituído por 4 mil lares, revela que em 2015 o comércio electrónico de bens de consumo vai representar 2,1% do total vendido em Portugal.

Luís Simões explica que o comércio electrónico é um pilar essencial no crescimento e futuro da Distribuição Moderna e dá um exemplo de sucesso para inspirar a plateia constituída por cerca de 400 profissionais do sector.

“A Auchan lançou o projecto Drive. O consumidor faz as compras online e vai buscar os sacos ao supermercado para não pagar o custo da entrega. Este negócio detém já 0,4% de quota de mercado e contribuiu em mais de 70% para o crescimento da Auchan. Além disso, metade dos clientes do Drive não eram habituais clientes do grupo, o que significa que a retalhista ganhou novos compradores”.

 

 

 

 

 

Um comentário

  1. Filipe Luz

    31 de Janeiro de 2012 at 11:51

    O conceito Drive não é da Sonae? pelo menos está implementado no Continente do Colombo exactamente com esse nome…

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *