Coca-Cola aumenta lucros em 18%

20 de Julho de 2011 por Victor Jorge

A multinacional de bebidas norte-americana obteve, no segundo trimestre de 2011, lucros de 2,804 mil milhões de dólares (cerca de 1,982 mil milhões de euros), correspondendo a uma subida de 18% face ao mesmo período do exercício anterior.

A empresa com sede em Atlanta (estado americano da Geórgia) destacou, em nota de imprensa que, com esses resultados trimestrais, o lucro por acção foi de 1,20 dólares, face aos 2,382 mil milhões de lucro geral e 1,02 dólares por título alcançados entre Abril e Junho de 2010.

O presidente e CEO da Coca-Cola, Muhtar Kent, expressou sua satisfação com os resultados do segundo semestre deste ano, referindo que “é o sexto trimestre consecutivo em que se divulgam resultados acima dos nossos objectivos a longo prazo”.

O responsável máximo pela maior empresa de refrigerantes do mundo assinalou ainda que a empresa obteve esses resultados “num momento em que as condições macroeconómicas globais são mistas”, destacando o facto de “apesar dos consumidores em todo o mundo continuarem a sentir o impacto da recuperação económica lenta, eles continuam a escolher as nossas marcas, a um ritmo de 1,7 mil milhões de garrafas vendidas a cada dia”.

As receitas semestrais da Coca-Cola, por sua vez, alcançaram os 23,254 mil milhões de dólares (cerca de 16,4 mil milhões de euros), representando um incremento de 44% a mais que nos mesmos seis meses de 2010, enquanto as receitas trimestrais para 2011 atingiram os 12,737 mil milhões de dólares, ou seja, mais 47% que no período de Abril a Junho do ano passado.

Estes resultados só foram possíveis, graças ao crescimento das operações da empresa em 6% em todas as regiões.

A companhia informou que, na América do Norte, a subida foi de 4%, enquanto na região da Eurásia e África o crescimento atingiu os 7%. Já na América Latina a Coca-Cola vou os resultados aumentarem 6%, para no Pacífico e na Europa registarem um incremento de 6 e 5%, respectivamente.

 

     
  • Notícias relacionadas

    No related posts.

Deixar uma resposta