FMCG Marcas

Conheça os 11 melhores queijos portugueses

Por a 28 de Outubro de 2010 as 9:26
Queijo_açores

Já são conhecidos os 11 vencedores da segunda edição do concurso Melhor Queijo, por ocasião do Tr3s Dias com Queijo.


Integrado no programa da Agrovouga e organizado pela ANIL (Associação Nacional dos Industriais de Lacticínios), em colaboração com a AveiroExpo, este evento teve lugar em Aveiro.

Na edição de 2010 participaram cerca de 100 queijos produzidos no nosso País. Foram avaliados em prova por um painel de provadores que reuniu especialistas, técnicos e consumidores

MELHOR QUEIJO 2010:

Queijo Fresco Campestre

da Cabra d’Ouro – Agropecuária, Lda

Requeijão Requeijão da Beira Baixa

da Cooperativa de Produtores de Queijo da Beira Baixa

Flamengo Nova Açores

da Unileite – União das Coop. Agríc. Lacticínios e de Produtores de leite da Ilha de S. Miguel (UCRL)

VACA Castelões

da Lactogal – Produtos Alimentares, SA

VACA (Cura Prolongada) São Miguel (cura superior a nove meses)

da Unileite – União das Coop. Agríc. Lacticínios e de Produtores de leite da Ilha de S. Miguel (UCRL)

OVELHA Quinta da Rigueira

da Queijos Quinta da Rigueira – Prod. e Comerc. de Queijo da Beira Serra, Lda

OVELHA (Cura Prolongada) Sabores da Idanha

da Cooperativa de Produtores de Queijo da Beira Baixa

CABRA Seia

da Queijos Tavares, SA

CABRA (Cura Prolongada) Palhais Rústico Pimentão

da Queijo Saloio, Indústria de Lacticínios, SA

MISTURA Braz Mistura

da Braz e Irmão, Lda

MISTURA (Cura Prolongada) Três Igrejas

da Queijo Saloio, Indústria de Lacticínios, SA

3 comentários

  1. Rui Queiroz

    23 de Agosto de 2014 at 0:16

    Exmos Senhores

    Represento duas empresas brasileiras que distribuem bens alimentares nas zonas do Norte e Nordeste do Brasil.

    Pretendo saber:

    – Se a V/Empresa tem autorização para a venda dos produtos (queijos) que comercializam no Brasil;
    – Quais os tipos de queijos que comercializam;
    – Tipos de embalagem e peso
    – Preços FOB;
    – Qual a V/ capacidade de venda de queijos anual;
    – Se existe a possibilidade de envio para endereço a fornecer depois de aprovado o preço de amostras dos produtos a exportar.

    Após as informações que solicito e a aprovação dos preços e quantidades a fornecer anualmente, farei uma visita a V/empresa para acordarmos pormenores da comercialização.

    Com os melhores cumprimentos

    Rui Queiroz (Engº)

  2. manuel matos

    17 de Julho de 2012 at 15:09

    Estão todos de parabens!
    Reconheço o esforço dos produtores para manter a qualidade que é necessária para que sejam reconhecidos como bons produtores, mas como produtor que sou de um dop, também gostaria que tivessem uma atenção especial para quem faz o esforço de se manter na certificação com todos os obstaculos que este pais têm para os produtos dop.

  3. João Alberto Catalão

    2 de Novembro de 2010 at 10:26

    Parabéns aos produtores!
    Estou particularmente feliz porque conheço alguns e reconheço a sua competência, coragem e dedicação!

    Portugal já tem nos seus queijos verdadeiros embaixadores internacionais!

    Um abraço especial à Braz e Irmão, não só porque merecem a distinção, mas porque estou profissionalmente ligado à concepção da sua nova imagem.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *