Destaque Logística

Chep prolonga fornecimento à Heinz

Por a 9 de Abril de 2010 as 11:23
heinz

A Heinz, fabricante de produtos alimentares, prolongou a sua cooperação com a CHEP, especialista em pooling de paletes, o que permitirá reduzir em milhares de toneladas as emissões de CO2 associadas ao transporte dos seus produtos.

O ketchup mais famoso do mundo será agora entregue nos supermercados em Euro paletes azuis da CHEP, já utilizadas pela empresa para transportar vários dos seus produtos, passando agora a incluir também o transporte de ketchup. Ao fazê-lo, a Heinz reduzirá significativamente as emissões de CO2 geradas através das suas actividades de transporte. “A nossa parceria com a CHEP na Alemanha demonstrou que utilizar as suas paletes resulta numa operação logística simplificada, mais rápida e, acima de tudo, mais ecológica”, afirma Jens Plachetka, managing director da H.J. Heinz GmbH, em comunicado. “Estas são as razões pelas quais estamos satisfeitos por termos prolongado a nossa cooperação com a CHEP”, conclui.

A Heinz e a CHEP trabalham juntas há vários anos na Alemanha, incluindo esta cooperação a entrega de vários produtos, incluindo sopas, estufados e refeições prontas fabricadas pela Sonnen Bassermann, uma empresa adquirida pela Heinz em 1999, em meias e quartos de palete da CHEP. Tal como muitas empresas na Alemanha, a Heinz está a mudar para Euro paletes da CHEP, para além de outros tipos de paletes CHEP e, ao fazê-lo, afasta-se do sistema de troca de paletes brancas. O contrato europeu em vigor entre a CHEP e a Heinz representa cerca de um milhão de movimentos de paletes por ano, 200.000 dos quais na Alemanha, o maior mercado.

Para além de proporcionar melhorias de eficiência, a redução do impacto que as suas operações terão no ambiente foi um factor essencial na decisão da Heinz em mudar para a CHEP. “Graças ao sofisticado sistema de gestão de pooling da CHEP, a recolocação dispendiosa de paletes de troca e os camiões na estrada parcialmente carregados com paletes vazias a prejudicar o ambiente são agora algo do passado”, explicou Plachetka.

A calculadora ambiental da CHEP, desenvolvida para determinar as poupanças ambientais de que os fabricantes poderão desfrutar ao passarem de paletes de troca e paletes sem retorno para as paletes de pool da CHEP, indica que não serão enviadas para a atmosfera mais de 16.200 toneladas de emissões de CO2 durante um período de dez anos, valor que apenas diz respeito à mudança da Heinz para a CHEP na Alemanha. Também estima que, através da reciclagem de paletes, serão poupadas cerca de 25.000 árvores, o equivalente a 88 hectares de floresta.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *