Bebidas

Coca-Cola Zero cresce 37% em 2008

Por a 16 de Abril de 2009 as 18:25

coca-cola1.jpg

Filha de uma das marcas mais famosas em todo o mundo, as vendas da Coca-Cola Zero não são nenhum embaraço para a família. Antes pelo contrário, no ano de lançamento duplicaram os objectivos de vendas. Em 2008, cresceram 37% e em 2009, apesar da crise, prevêem continuar a crescer a duplo dígito.

“A Coca-Cola Zero é uma marca predestinada a ter sucesso”, define José Alberto Antunes, director de marketing da Coca-Cola Portugal. Chegada em 2007, com o objectivo de dar uma lufada de ar fresco a um mercado estagnado, a marca conseguiu bem mais do que isso: as vendas superaram todas as expectativas, tendo triplicado o número de consumidores.

No ano passado, a marca vendeu mais de 11 milhões de litros, um número 37% superior ao registado em 2007 quando foi lançada, período em que comercializou oito milhões de litros, disse o responsável, ressalvando que a Coca-Cola Zero não esteve disponível nos primeiros quatro meses de 2007.

“São números que comprovam que os excelentes resultados do lançamento tiveram continuidade, com valores que superaram as nossas projecções mais optimistas”. Desde o introdução da marca mãe que não havia um lançamento em Portugal com o mesmo impacto que teve a versão Zero.

“Projectámos comercializar quatro milhões de litros no primeiro ano, num objectivo muito ambicioso, e fechámos a duplicar esse objectivo com oito milhões de litros”, sublinha.

No que diz respeito a valores, a marca não revela números, mas assegura que estão “bastante satisfeitos com o caminho percorrido pela marca. Mostram uma evolução em crescendo, numa constante superação de objectivos”.

A formula do sucesso, diz José Alberto Antunes, assenta nas características do produto: o sabor idêntico ao da Coca-Cola, mas sem açúcar.

Crescer apesar da crise
O responsável refere que a Coca-Cola está a notar os sinais típicos de abrandamento económico nas suas vendas. O que não impede a multinacional de pretender continuar a crescer, “ainda que a um nível mais lento do que o normal, face à conjuntura actual”.

Em 2009, a Coca-Cola Zero quer que o seu volume de vendas aumente a dois dígitos, reforçando o seu lugar no ranking das dez bebidas mais comercializadas em Portugal. Para isso, contam com a campanha de publicidade “Prova que é Possível”, onde dão a oportunidade aos portugueses de terem experiências impossíveis, como jantar com um actor de Hollywood ou jogar à bola com o Figo. Ou seja, num cenário de crise, pretendem “passar uma mensagem de optimismo e superação”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *